sexta-feira, 29 de abril de 2011

Preço Justo!

Você está cansado de pagar altos impostos em tudo o que você compra? Sabia que o Brasil é um dos países que mais cobra impostos no mundo todo? Quer acabar com isso? Agora você tem a chance!

O Felipe Neto (Não Faz Sentido!) e o Jornal Brasil 247 criaram o Manifesto Preço Justo, que tem por objetivo atingir 1 milhão de assinaturas para acabar com os impostos. Quando obtiverem 1 milhão de assinaturas, o próprio Felipe Neto se propôs a entregá-las para a nossa presidente Dilma (em um ato simbólico). Para maiores informações, deixo aqui o vídeo que o Felipe Neto fez, falando sobre este assunto:



Atualmente, o manifesto conta com mais de 320 mil assinaturas. Você está esperando o quê para ajudar? Assine e divulgue para seus amigos. Só depende de nós para conseguirmos um país melhor! #precojusto

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Adolescência e (ir)responsabilidade.

Nos dias de hoje, a maioria dos jovens acha que adolescência é sinônimo de não ter responsabilidade com nada. É cada vez mais frequente o número de adolescentes grávidas, usando drogas, bebendo até cair... Mas quem disse que adolescência significa fazer merda?

Eu sempre soube que o índice de jovens grávidas estava aumentando, mas cada vez mais eu tenho visto garotas que estudaram comigo, que brincavam comigo, grávidas. É uma realidade assustadora. Você pensa “Há dez anos nós brincávamos juntas, e agora ela está aí, com um bebê nos braços.”. Não sinto pena, porque não é segredo pra ninguém os métodos contraceptivos, mas é algo estranho, ver uma pessoa que estudou com você há alguns anos sendo chamada de “mãe”.

Além disso, há muitos jovens que bebem como se não houvesse amanhã. Não entendo por que isso, beber socialmente é uma coisa, mas exagerar, pagar mico e entrar em coma alcóolico não é divertido, não é engraçado. Beber e dirigir, então, é a maior prova de irresponsabilidade. Usar drogas para fugir dos problemas não é a solução, é a criação de um problema maior ainda! E eu me recuso a acreditar que existem pais que aprovam certas atitudes... Comentários do tipo “Meu filho é machão. Bebe todas e pega um monte de garotas.” Não, seu filho não é machão. Seu filho é um idiota - e você também, por pensar dessa maneira!

Não sei se eu vivo na época errada e acho tudo isso um absurdo, ou se os dias de hoje é que estão errados. Não existem mais valores, não existe mais amor à família. Existe apenas o exagero, querer sempre mais, é pensar apenas em si mesmo - ou nem pensar, agir irresponsavelmente. Se o mundo continuar do jeito que está, ele vai acabar mais cedo do que imaginamos. Porque os jovens irreponsáveis de hoje, infelizmente, serão os futuros pais de amanhã, que criarão seus filhos da mesma maneira com que foram criados. E se as coisas não mudarem, prefiro pensar muito bem antes de ter um filho, pois não quero criar alguém para viver nesse mundo horrível.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Have a nice Green Day!

Hoje é um dia especial para os fãs da banda californiana Green Day: Há 22 anos a banda Sweet Children (que começou suas atividades em 1987) mudava oficialmente seu nome para Green Day, em homenagem a este dia (20 de abril), em que os jovens não faziam nada além de fumar maconha o dia todo (E você pensando que Green Day era algo relacionado ao meio ambiente, não é? Brincadeira)

Sweet Children (Al Sobrante, Billie Joe e Mike Dirnt) - 1987
Nesses 22 anos, muita coisa aconteceu. Em 1991, Al Sobrante deixou a banda para terminar a faculdade, e Tré Cool entrou em seu lugar. De rebeldes sem causa com músicas sobre masturbação, eles passaram a rockstars com álbuns conceituais e músicas sobre política. Muita gente diz que eles “se venderam”, mas não creio nisso. Eles amadureceram, simplesmente... Afinal, não seria nada legal caras de 40 anos cantando sobre masturbação, não? Há também a discussão sobre ser ou não ser punk... Mas esse é um assunto que também já se esgotou, o importante é o som deles, e não os rótulos.

Green Day no Woodstock - 1994
Mas, mesmo o Green Day existindo desde 1989, começaram a fazer sucesso mundialmente a partir de 1994. Eles foram apresentados ao mundo após a morte de Kurt Cobain, vocalista do Nirvana. A partir daí, venderam milhões de cds e ganharam diversos prêmios. Ao todo, são 12 álbuns oficiais lançados: 1039/Smoothed Out Slappy Hours (1991), Kerplunk (1992), Dookie (1994), Insomniac (1995), Nimrod (1997), Warning (2000), International Super Hits (2001), Shenanigans (2002)  American Idiot (2004), Bullet In A Bible (2005), 21st Century Breakdown (2009) e Awesome As F**k (2011). Além destes, há também bootlegs não-oficais que foram lançados.

E também há exatamente um ano, o Musical American Idiot estreava na Broadway, dirigido por Michael Mayer. Ano passado foi lançado um cd com as músicas do Musical. Billie Joe fez parte do Musical, atuando como St.Jimmy três vezes. Daqui a quatro dias o Musical deixará a Broadway, mas durante o segundo semestre deste ano, o Musical fará uma turnê pela América do Norte.

Green Day antes do show de Porto Alegre - outubro de 2010
Como fã, desejo que o Green Day continue sempre inovando e nos surpreendo a cada dia, e sem dúvida, desejo também longa vida a uma das melhores bandas deste mundo!

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Fome.

Você acorda no meio da madrugada e parece que seu estômago vai saltar pela boca. Você está com fome, muita fome. Você até chega a dizer que está morrendo de fome. Mas não é bem assim.

Isso realmente é morrer de fome, infelizmente.
Você não tem ideia do que realmente é passar fome (nem eu sei, na verdade). Passar fome é ficar dias sem comer, ou apenas tomando água com açúcar para “enganar” o estômago. Passar fome é não ter dinheiro pra comprar um simples arroz ou feijão. E você, que está aí sentado atrás de seu computador, que sempre teve comida na hora que quis, não deveria falar que estava morrendo de fome. Você não tem noção do quanto isso é grave, meu amigo.

(Post pequeno, mas é uma espécie de desabafo)

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Vizinhos.

Os vizinhos mais famosos da história...

Você está dormindo. São 3 horas da madrugada e você está sonhando que ganhou na loteria. Quando você vai pegar o prêmio, um barulho muito estranho te faz acordar. É seu vizinho ouvindo uma música com uma letra completamente sem conteúdo, ou a esposa dele brigando e dizendo que vai se matar, que vai matar ele, vai embora ou todas as alternativas.

Confesse, você também já passou por isso. Todos nós já passamos por uma situação assim. E o que fazer quando a raiva nos consome e temos vontade de sair de casa e pegar o infeliz pelo pescoço? Agora nem ligando para a polícia adianta mais! Pelo menos aqui na minha cidade você precisa abrir um processo contra o vizinho para a polícia ir na casa dele para mandá-lo desligar a música. E convenhamos, que pessoa em sã consciência, às 3 da manhã está preocupada em abrir processo contra alguém? Eu, pelo menos, só quero que a maldita música acabe para que eu consiga dormir em paz... Ou não temos mais direito a ter uma noite de sono calma e tranquila?

sexta-feira, 1 de abril de 2011

1º de abril.

Eu poderia começar o post com alguma brincadeirinha do tipo “o blog vai acabar”, mas isso já é muito manjado em blogs. Meu post será um pouco diferente. Para quem não sabe, contarei a história sobre o famoso dia da mentira.

Existem várias histórias de como o dia 1º de abril se tornou o “dia da mentira”. A mais atribuída à realidade é de que essa brincadeira surgiu na França. No começo do séc. XVI, o ano novo era comemorado no dia 25 de março (data da chegada da primavera no hemisfério norte). As festas duravam uma semana, terminando no dia 1º de abril.

Após a adoção do calendário gregoriano (em 1854), o Rei Carlos IX (Rei da França) determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1 de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo. Algumas pessoas passaram a ridicularizar quem comemorava o ano novo na data antiga, enviando-os presentes esquisitos e convites para festas que não existiam.

No Brasil, o primeiro de abril começou a ser difundido em Minas Gerais, onde circulou A Mentira, um periódico lançado em 1º de abril de 1848, com a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte.

Hoje também é o aniversário da banda Good Charlotte. Como o dia sugere, a banda começou como uma brincadeira do April's Fool, em 1996. Felizmente, a banda deu certo e hoje completa seus 15 anos. Como uma fã, desejo muito sucesso e que a banda continue na ativa por bastante tempo.

Good Charlotte - 2011