terça-feira, 10 de maio de 2011

Namoro e casamento nos dias atuais.

Até algum tempo atrás, a ordem natural das coisas sugeria que: duas pessoas se conhecem, se tornam amigas, descobrem afinidades em comum, e então, após algum tempo, descobrem-se apaixonadas. Então o namoro começava, e quando o sentimento era verdadeiro o namoro durava alguns anos, e então o casal noivava. Após algum tempo de noivado, uma das maiores e mais bonitas festas acontecia: o casamento - que era o sonho de 95% das garotas.

Um programa típico de namorados: ir ao cinema.

Porém, os tempos mudaram. Valores foram esquecidos, sentimentos renegados. Hoje em dia poucas são as pessoas que acreditam no amor, que acreditam que um casamento possa durar, realmente, a vida inteira. Adolescentes que se criaram em famílias desestruturadas e que a cada dia estão com um parceiro novo. Garotas que se entregam a qualquer rapaz, às vezes iludidas por falsas promessas, às vezes pelo “calor do momento”. Não há mais amor, não há mais respeito.

E que sejam felizes para sempre...
Felizmente, eu faço parte do pequeno grupo de pessoas que ainda acreditam no amor. Acredito sim, e não tenho vergonha de admitir isso, afinal, por que sentir vergonha do sentimento mais lindo que existe? É claro que além do amor, deve existir respeito. Não há segredo, não há mistério, para um relacionamento ser duradouro, deve-se respeitar a pessoa amada.

Eu espero que o mundo mude. Espero que, novamente, os corações se encham de valores, que as pessoas saibam o real significado da palavra amor, só assim o mundo poderá viver em paz e harmonia.


Créditos das fotos: Weheartit.com

Um comentário: