terça-feira, 28 de junho de 2011

A eterna busca pelo “corpo perfeito”

Todo o mundo sabe que a maioria das mulheres nunca está satisfeita com seu corpo - seja ele completamente natural ou já tenha sofrido algumas modificações - elas sempre querem algo a mais. Pra quê tudo isso?


Se nascemos com o corpo “assim ou assado”, por que querer ser diferente quando, na maioria das vezes, você já tem um corpo bonito? Eu entendo que em certas ocasiões realmente são necessárias mudanças, mas na maioria dos casos, é apenas por pura vaidade, mesmo que já tenham um corpo que cause inveja a muitas garotas.

Não me refiro somente à beleza, mas também à altura, corpo, cabelos e etc. Eu demorei muito tempo para entender e aceitar, mas hoje admito com orgulho que sou baixinha e que tenho cabelos cacheados, mesmo que a sociedade tente impor que o “padrão” seja uma mulher mais ou menos alta, com cabelos lisos. Padrão de quê? Quem impôs que deve ser assim?

As pessoas não deveriam pensar nesse suposto padrão idiota, e aceitar que são diferentes. Afinal, se fossemos todos iguais, o mundo não teria graça! Até porque, de nada adianta botar silicone aqui e ali, se entupir de botox, fazer cirurgia pra corrigir não sei o quê se, falando bem a verdade, todos nós iremos morrer e o corpo que você sempre lutou para deixar perfeito, será comido por vermes.

Sem falar nos exageros, pessoas que de tanto mudarem o corpo, acabam se deformando. Um exemplo clássico é a socialite Jocelyn Wildenstein - por nome você pode até não conhecê-la, mas vendo sua foto, saberá de quem estou falando. Ela já gastou mais de 4 milhões de dólares em cirurgias plásticas. E sinceramente, todo esse dinheiro foi praticamente jogado no lixo, pois ela era mais bonita antigamente...

Jocelyn Wildenstein - antes e depois
Você não acha ridículo como a exagerada busca pela perfeição acaba tornando as pessoas escravas da vaidade? Se cuidar, usar um aparelho ortodôntico para corrigir erros na dentição, fazer exercícios físicos, é uma coisa, agora, ser escrava de dietas e de cirurgiões plásticos porque nunca acha que está bom o suficiente, é algo bem diferente.

5 comentários:

  1. Para essas mulheres, nunca é o bastante, rs...
    Tem aquela Angela Bismarchi que "voltou a ser virgem" duas vezes e que essa preocupação com plásticas e mais plásticas parece ter deixado ela burrinha tbm. Acho que quando ela e todas essas que se acabaram em plástica morrerem, vão todas pra reciclagem...

    ResponderExcluir
  2. Cara, eu acho que a Angela Bismarchi é a mais ridícula de todas, mais ridículas ainda são algumas emissoras de Tv que contribuem para ela ficar aparecendo. Não tem nenhum talento, isso que me indigna.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com vocês dois. A Angela Bismarchi só aparece na mídia pra dizer que fez ou vai fazer uma plástica nova. Que diferença isso faz? E como a Carol disse, ainda tem emissoras de tv que apoiam isso como se fosse a coisa mais importante do mundo. Ridículo.

    ResponderExcluir
  4. é ridiculo o comportamento de algumas mulheres que exageram na vaidade ,que se submetem a fazer cirugias plasticas sem ter necessidade e acabam se tornando escravas de cirurgioes plásticos ex: angela bismarchi uma mulher que perdeu totalmente a noçao do rediculo

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvida! E essas mulheres acham que estão ficando cada vez mais bonitas, quando na verdade é o contrário...
    Obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir