terça-feira, 5 de julho de 2011

Criatividade

Você decide escrever um texto sobre determinado assunto, ou uma história em si, ou qualquer coisa que lhe pareça interessante. Você pensa, pensa, pensa... E nada bom vem à mente. Você muda de assunto e escreve um texto - que, por sua vez, fica uma porcaria. Você já está quase desistindo quando, de repente, surge uma luz no fim do túnel e você consegue escrever seu texto sem grande esforço, ele sai livremente através de seus dedos.



Quem escreve, sabe muito bem do que eu estou falando. Quando queremos escrever, mas não conseguimos, é algo muito ruim. É como você tentar dizer a alguém que a ama, mas sem saber como. E a criatividade é algo essencial. Podemos estar “travados” mas, do nada, qualquer coisa pode nos trazer uma inspiração (qualquer coisa mesmo, pode ser desde o toque do seu celular até a propaganda do novo sabão em pó na televisão).

Eu escrevo há uns 3 anos, e já passei por essa situação diversas vezes. E foi justamente um bloqueio, uma indecisão sobre o que escrever, que me fez pensar sobre isso - e que irônico, meu bloqueio acabou me rendendo este post.

Se você está começando a escrever agora, não se assuste, não pense que não tem capacidade, porque momentos assim acontecem com todo mundo, inclusive com escritores renomados. Não é culpa de ninguém, às  vezes você apenas não está inspirado o suficiente, ou não está conseguindo se concentrar em determinado assunto.

Enfim, um escritor com bloqueio de criatividade é algo que sempre existiu e sempre irá existir. Não dá para prever, mas dá para contornar a situação. Se isso acontecer com você, saia da frente do computador, tome uma água, um café, veja um pouco de televisão... A qualquer momento sua criatividade virá, e o texto sairá praticamente pronto da sua cabeça.

Créditos da foto: Weheartit.com

4 comentários:

  1. Adorei a comparação! "É como você tentar dizer a alguém que a ama, mas sem saber como." Por experiência própria (nos dois assuntos) eu confirmo o que foi dito!

    Realmente, quando um texto não está saindo, a melhor coisa é ir arejar a cabeça. Fazer alguma outra coisa. Uma caminhada de cabeça vazia, brincar com o cachorro. Qualquer coisa, por mais mundana que seja. Às vezes o que você precisa é justamente sumir de si mesmo para se encontrar.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza!
    A melhor coisa a fazer é se desligar de tudo, porque ficar se pressionando para terminar de escrever não adianta...

    Obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a escrever há um ano. Antes eu era boa em redações mas só escrevia quando era necessário. Então por desilusões amorosas eu comecei escrevendo em um diário. E no fim quando superei isso, continuei escrevendo sobre outras coisas, até bem mais alegres. É assim mesmo, as vezes eu sei sobre o que quero escrever mas não consigo transformar em palavras. E muitas vezes antes de dormir eu começo a escrever textos na minha mente, e no outro dia eu passo a limpo no papel ou computador. É estranho porque muitas vezes vem do nada.

    ResponderExcluir
  4. Pois é, às vezes o texto surge sem um motivo aparente, independente se for algo alegre ou triste, apenas vem... É bom isso, escrever para “descarregar” a mente rs. Eu tenho muitas ideias antes de dormir, mas na maioria das vezes esqueço quando acordo no outro dia. =\

    ResponderExcluir