segunda-feira, 18 de julho de 2011

Filmes de Terror

Supostamente, eles são assustadores. Cheios de clichês, seriais killers gritos e muito sangue, os filmes de terror são amados por muitos e odiados por tantos. E eu, particularmente, adoro tudo isso.


Até algum tempo atrás, eu não assistia muitos filmes, confesso. Mas depois que se vicia em alguma coisa, é difícil parar. De qualquer maneira, mesmo que eu visse poucos filmes, geralmente eram filmes de terror (e/ou suspense, horror).

Como disse no começo do post, esses filmes são cheios de clichês (por exemplo: há um grupo de 5 a 10 pessoas, e misteriosamente elas vão desaparecendo - e morrendo - uma a uma, até o “herói” ser o único a sobreviver), e muitas vezes as histórias são bem parecidas, muda-se apenas os personagens e o local onde tudo acontece. Alguns desses filmes chegam a ser engraçados, ao menos para mim.

Algumas pessoas me perguntam como eu consigo gostar desse gênero de filme, com sangue, mortes, espíritos e não de filmes românticos, com casaizinhos apaixonados e a vadia loira que tenta impedir os dois de ficarem juntos e etc. E é justamente por isso, os clichês de filme de terror me fazem rir, os clichês de filmes românticos, as patricinhas mimadas e as vozes irritantes me fazem ter vontade de dar um tiro em quem fez o filme.

De qualquer maneira, sempre há um diferencial que me faz gostar de cada filme que vejo (salvo poucas exceções). Dos últimos dois, três anos para cá, foram lançados filmes que, na minha opinião, são excelentes, como Alma Perdida (The Unborn), Arraste-me Para o Inferno (Drag Me To Hell) A Escolhida (Choose), entre outros.

Essas são as minhas dicas, espero que gostem. Se alguém tiver alguma dica de filme, deixe nos comentários, ok? Até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário