quinta-feira, 14 de julho de 2011

O Primeiro Emprego

A maioria dos adolescentes, a partir dos 15, 16 anos, quer começar a trabalhar, ganhar seu próprio dinheiro e parar de depender dos pais. Mas conseguir um emprego não é algo nada fácil.


Há muita complicação para se conseguir um emprego. Você precisa ter determinada idade, precisa de tanto tempo disponível, para alguns trabalhos precisa ser homem, para outros, mulher. E o principal: você precisa ter experiência.

Desde que eu comecei a procurar emprego, não há palavra que eu odeie mais do que experiência. Porque em qualquer lugar, só contratam se tiver experiência profissional. Alô, eu estou procurando o primeiro emprego, como vou ter experiência em algo, se não me dão a chance de trabalhar? E aí vem aquela velha história: Como conseguir um emprego sem experiência, e como conseguir experiência sem um emprego?

Muitas pessoas recorrem ao CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), na esperança de conseguir qualquer coisa, mesmo com um salário mínimo. Algumas pessoas conseguem, mas outras (como eu), têm cadastro por anos e anos, e sequer conseguem uma entrevista.

De qualquer maneira, a luta continua... Mais cedo ou mais tarde eu conseguirei encontrar um emprego, é só não desistir quando eu receber um “não”, como diz o meu pai. Porque, aliás, ficar em casa o dia todo não ajuda em nada.

5 comentários:

  1. Deixo aqui meus sentimentos por me identificar com a causa! Desde que saí do meu emprego, não apareceu mais nada. Enquanto isso a conta bancária na beirada do negativo chora sua angústia vazia e sua condição miserável.

    Mas vamos que vamos, Jo!

    ResponderExcluir
  2. Vamos que vamos, Jeff! Um dia a gente consegue um emprego e vamos tirar as teias de aranha da conta bancária. Boa sorte pra nós!

    ResponderExcluir
  3. Estou nesse clube e me identifico com a causa também. Eu até tenho experiência, mas apenas na área de vendas. Então quando procuro algo na administrativa, eles pedem, exceto os estágios, mas é assim eu vou na dinâmica com umas 10 pessoas concorrendo à uma vaga e a maioria tem experiência e aí quem eles vão escolher? E quando procuro na área de vendas os horários são para a tarde/noite e por eu fazer faculdade a noite, não tem como. Com certeza é bem DIFÍCIL. É a primeira vez que eu passo por isso, porque a minha última experiência foi o primeiro lugar que procurei emprego na vida. Quanto ao ciee, eu acho eles bons, pelo menos aqui em Porto Alegre, eles ligam para a minha casa e sempre que vou lá procurar por uma vaga eles me encaminham. Bem, mas uma hora todos nós vamos conseguir, é bem como tu disse no post: Não desistir no primeiro não. Uma hora vai dar certo.

    ResponderExcluir
  4. Com certeza, Carol. Minha cidade não é muito grande, já fui em todos os lugares possíveis, agora só resta esperar. Mas não vou desistir se não me chamarem, vou continuar procurando. Como tu disse, uma hora vai dar certo.

    Obrigada pelo comentário. :)

    ResponderExcluir
  5. Já passei por isso, a minha "sorte" foi a iniciativa de uma ONG próxima que me colocou para trabalhar aos 16 anos, e uma dica: NUNCA, JAMAIS FAÇA DIVIDAS! depois q arrumar um emprego! junte e pague a vista! e quando sair do trampo sem previsão pra arrumar outro FECHE A CONTA NO BANCO, se não vai acumular.

    ResponderExcluir