terça-feira, 9 de agosto de 2011

Sonhos.

Quando éramos criança, nos ensinaram a sonhar. Crescemos e continuamos sonhando. Alguns sonhos são simples, fáceis de serem realizados, alguns mais complexos, que dependem de várias coisas para acontecerem.


Quando se é criança, sonha-se em ser astronauta ou bailarina. Quando adolescente, sonha-se em encontrar a pessoa ideal - sonho este que às vezes permanece por muitos anos. Sonha-se também em encontrar o emprego ideal (sem esquecer da combinação: emprego ideal + salário bom). As meninas sonham com o casamento, aquele vestido branco, a igreja toda decorada e uma festa para milhares de convidados. Os meninos sonham em serem famosos jogadores de futebol, reconhecidos pelo mundo todo como “o novo Pelé”.

O tempo vai passando e algumas pessoas conseguem realizar seus sonhos. Na maioria das vezes, outros sonhos surgem no lugar dos sonhos realizados, e outras vezes as pessoas seguem com sua vida, sem grandes ambições, felizes por terem conseguido realizar seu objetivo, independente de qual seja.

Porém, algumas pessoas parecem ter esquecido o quanto sonhar faz bem. Vivem cada dia após o outro sem mudar nada, sem se esforçar para que nada aconteça. Elas sabem que ninguém, além delas, vai correr atrás do que desejam, mas mesmo assim se acomodam. “Deixe tudo como está, tenho medo de mudar minha vida” geralmente é o pensamento dessas pessoas. Elas sonham em ganhar na loteria, mas não saem de casa para jogar. Elas sonham em conseguir um ótimo emprego, mas não estudam, não se especializam, e se contentam com o emprego no mercadinho perto de casa.

Não desistam dos seus sonhos, por mais que pareçam serem impossíveis de realizar. Se não acontecer agora, uma certa hora acontecerá. Tudo acontece na hora em que precisa acontecer, nem antes, nem depois. Tenha esperança, acredite, confie. Quando você menos esperar, terá nas mãos a chance de realizar o seu maior sonho.

2 comentários: