terça-feira, 8 de novembro de 2011

Just change it 'cause you want it...

“... Not because you saw it.” (Just do It - Copacabana Club)

Há muito tempo eu não ouvia a música Just do It, da banda brasileira Copacabana Club - que ouvi pela primeira vez em 2008 ou 2009 - mas, esses dias estava passando os canais na tv e ela estava tocando com a tradução junto. Logo que a música foi lançada, meu inglês não era tão bom pra entender tudo logo de cara, e também não me interessei em procurar a tradução dela. Mas, quando vi a tradução há alguns dias, achei excelente.



O que isso tem a ver com o post? Bom, a frase acima é clara: Mude porque você quer, e não porque você viu. Sentiram a diferença? Muitas pessoas mudam o cabelo, o estilo, as amizades por causa da moda. E depois que a moda passa e surge outra em seu lugar, acontece tudo outra vez. Chega uma hora em que isso cansa.

A música serve como um conselho para essas pessoas, você pode fazer e mudar tudo, desde que seja por sua própria vontade, e não porque é a moda. Muita gente, principalmente adolescentes e pré-adolescentes querem ser aceitos a todo custo, e fazem de tudo para isso. Se tiverem que fazer coisas que odeiam e ir contra as coisas que acham certo, fazem porque “é a moda”. E a originalidade, fica aonde?

Há algum tempo, a moda era usar roupas pretas, e quem usasse uma roupa colorida ou pintasse o cabelo com uma cor diferente - como azul, verde ou laranja - era excluído por ser diferente. Hoje em dia é o contrário, se você não usa uma roupa colorida e tem um cabelo normal, você é “careta”. Desculpa, mas não consigo ver a graça disso.

Deixo aqui o clipe da música para quem quiser assistir. Independente de gênero ou estilo, o que importa é a letra da música, que é ótima, na minha opinião.



Créditos da foto: Weheartit.com

Um comentário:

  1. A maioria das pessoas é assim, "Nada se cria, tudo se copia" e se poucas pessoas tem a coragem de ser original acabam sendo criticadas e excluídas, por irem contra modas, hábitos, idéias e etc. Uma sociedade engessada em padrões é mais fácil de controlar e dissecar.

    ResponderExcluir