terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Adeus, ano velho!

Mais um ano que se despede. Mais 365 que passaram pelos nossos dedos, tão rápido, mas ao mesmo tempo, tão devagar. Dias bons, dias ruins, dias que transformaram, pelos menos um pouco, nossas vidas.


Deste 2013, só tenho a agradecer. Em relação a 2012, foi um ano muito, muito melhor. Claro que nem todos os meus 365 dias foram lindos, mas aprendi uma coisa muito importante, que está escrito na imagem acima. Coisas que eu queria muito, desesperadamente no começo do ano, e que só consegui realizar agora, me fizeram acreditar naquela frase: “As coisas não acontecem quando nós queremos, mas sim quando tem que acontecer”.

Aprendi a ser paciente, a esperar. Aprendi, acima de tudo, a agradecer. Pela minha família, pelos meus amigos, pela minha vida. Posso dizer que 2013 foi um divisor de águas, um dos melhores anos que tive, apesar de seus altos e baixos. E é com alegria que viro mais esta página, esperando que 2014 seja tão bom quanto esse ano que se encerra.

Que todos nós consigamos realizar nossos objetivos no ano que se aproxima - e não falo da "Lista de coisas para fazer em 2014" que ninguém consegue completar. Me refiro a objetivos realmente alcançáveis, coisas que nos mudem dia a dia, com pequenas atitudes.

Ao ano que se despede: Muito obrigada! Consegui superar minhas expectativas e realizar alguns objetivos que, até então, pareciam impossíveis. Sei que Deus lá em cima está olhando por nós sempre, e agradeço todos os dias pela oportunidade de melhorar minha vida e a dos outros também.

E que venha 2014! Feliz Ano Novo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário